novembro 30, 2008

Enchente em Campos: Dia de trabalho em Lagoa de Cima













  No meio da tristeza e da desolação causada pela cheia da Lagoa de Cima , recebemos muitos sorrisos .
  Melhor paga ninguém pode  receber; e de verdade nós é que lhes  agradecemos pela oportunidade de poder cooperar.

Fotos da Lagoa hoje.



Enchente em Campos: Região de Lagoa de Cima sob as aguas



Sábado, 29 de Novembro de 2008

Lagoa de Cima inundada

Estivemos hoje em Lagoa de Cima, constatamos que a situação é realmente preocupante, praticamente todas as familias estão desabrigadas, e este filminho retrata a realidade, amanhã retornaremos as atividades, distribuindo cestas básicas, água potável etc. saimos de lá as17.00 hrs e as 21.00 tivemos notícia de quer o nível da água subiu aproximadamente 80 cms, e a chuva não para, conseguentemente o nível da águas vai subindo a cada minuto. Devido a chuva intensa não foi possível fazer uma maior quantidade de imagens, amanhã se a chuva para faremos um documentário melhor.



video




AS  fotoS  SÃO do bar do Claudinho  em São Benedito,   compare com as imagens no final do video...................

novembro 29, 2008

ALERJ entra com Notícia-crime contra a SERVATIS

Comissão da ALERJ entra com Notícia-crime contra a SERVATIS
27/11/2008
O presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Alerj, deputado estadual André do PV, entregou ao delegado da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, Fernando Reis, noticia-crime contra a indústria química Servatis, localizada em Resende, região do Médio Paraíba. A empresa é responsável pelo vazamento do pesticida endosulfan no rio Parapetinga, afluente do Paraíba do Sul, o que vêm ocasionando a mortandade de toneladas de peixes. A notícia-crime contém toda a documentação sobre o acidente, com fotos, dados completos do produto endosulfan 350 e seus efeitos no meio ambiente e em seres humanos. "Já fui informado que algumas pessoas chegaram a ingerir os peixes envenenados. Este acidente é gravíssimo e medidas precisam ser tomadas", afirmou o deputado, que entregou uma cópia da notícia-crime ao Ministério Público rstadual.
Na última sexta-feira (21/11), André do PV enviou ao governador Sérgio Cabral o pedido de assinatura de um decreto proibindo a instalação de indústrias que trabalhem com substâncias organocloradas às margens do Paraíba do Sul e de seus afluentes.
Fonte: Comunicação Social da Alerj.

Enchente em Campos: Cheia da Lagoa de Cima imunda comuidades vizinhas

 Estou chegando a pouco da estrada que liga a parte urbana de Campos a Lagoa de Cima, da estrada pois até o lado de São Benedito é impossível chegar por terra, é uma lagoa só, olhando desde logo depois da ponte da marreca, as pessoas não conseguem chegar até suas casas indo daqui e nem conseguem sair de lá, na estrada, desoladas famílias inteiras,  totalmente isolados; fomos eu o Gustavo e o Gama aguardar onde a estrada esta bloqueada pelas aguas, uma remessa de mantimentos e remédios que levaríamos nas nossas lanchas de alumínio até lugares isolados como Conceição do Imbé, Batatal, Mocotó; muitas famílias desabrigadas, existe  a necessidade urgente de ajuda; faltam alimentos,  produtos de higiene,  roupas  e agua pois os poços que servem a suas casas estão comprometidos por detritos e lama da enchurrada,  medicamentos.
 Encontrei o pescador Zé Hugo, solidário, transportando as pessoas de um lado pro outro onde o asfalto esta tomadopela enchente , Valeu Zé !
 - e tome chuva !
 Começo a temer também pelo obstrução do acesso à  lagoa através da estrrada de  Rio Preto pois a canal da Marreca já ameaça Transbordar. 
 Neste momento os barcos estão transportando as famílias e seu pertences para local mais seguro,
  Muito triste a situação de Santa Catarina, de cortar o coração, o nosso povo esta mostrando sua solidariedade;  é preciso atentar, pois que  esta acontecendo também na nossacidade .
  A Promoção social, esta fazendo um belo trabalho, a nossa participação é necessária. Vamos participar  e façamos a nossa parte.
 Amanhã estaremos pela região da lagoa de Cima prestando apoio aos desabrigados e isolados, sua ajuda é fundamental.

  Armando Barreto

novembro 28, 2008

Servatis x Rio paraíba do Sul

Veja o que a mídia divulgou sobre o Crime ecológico cometido pela Servatis  contra o Rio Paraíba do Sul.

Servatis, R$ 33 Milhões de multa ? .Rio Paraíba do Sul, Milhões de peixes mortos !

28.11.2008


Servatis é multada em R$ 33 milhões por vazamento de inseticida

Rio Paraíba do Sul, que passa por Minas Gerais, foi contaminado, o que provocou a morte de 80 toneladas de peixe

 

A Comissão de Controle Ambiental do Rio de Janeiro aplicou uma multa de R$ 33 milhões à empresa Servatis. Ela foi responsabilizada pelo vazamento de inseticida no Rio Pirapetinga, afluente do Paraíba do Sul, que passa por Minas Gerais. 

O Rio Paraíba do Sul divide as cidades de Além Paraíba, em Minas, e Carmo, no Rio. Por causa do vazamento do produto químico, milhares de peixes morreram. A Polícia Militar do meio ambiente divulgou, nessa quinta-feira, o balanço da mortandade. Ao todo foram 80 toneladas de pescado retiradas da barragem da hidrelétrica da Ilha dos Pombos, em Além Paraíba. 

Agora a PM espera o resultado do laudo das amostras recolhidas na água para saber se o rio continua contaminado. Serão necessários pelo menos cinco anos para a repovoação. A contaminação também chegou ar mar. Milhares de peixes apareceram mortos nas areias da praia, em São João da Barra, no estado do Rio de Janeiro, onde deságua o Paraíba do Sul. 

A Servatis, que está interditada desde a última sexta-feira, informou que ainda não foi notificada sobre a multa
.



novembro 27, 2008

Auditoria ambiental independente na Servatis começou nesta segunda-feira

Auditoria ambiental independente na Servatis começou nesta segunda-feira

25/11/2008
Empresa vai reforçar política de gestão de risco e ampliar investimentos em meio ambiente
A MRH Engenharia Ambiental, com supervisão da Feema, iniciou nesta segunda, dia 24, Auditoria Ambiental de Conformidade Legal na Servatis, tendo como base a Diretriz 056 da Feema. A contratação de uma auditoria independente foi uma exigência da Secretaria de Estado do Ambiente, após o vazamento acidental do produto Endosulfan, ocorrido terça-feira, dia 18.
Os consultores da MRH e a Feema avaliarão os procedimentos de segurança e gestão de riscos ambientais da empresa e, com base no resultado, a Servatis pretende reforçar ainda mais sua política de Meio Ambiente, que é certificada pela ISO 14001 e pela ISO 9000. Anualmente, órgãos ambientais e clientes realizam auditoria.
O vazamento ocorreu devido a uma falha humana nos procedimentos de uma conexão de um caminhão-tanque e a empresa tomou todas as providências para tornar ainda mais rigorosas suas operações de transportes que serão reforçadas por uma política de gestão de risco.
A Servatis enfatiza que a presença do produto Endosulfan no meio ambiente causa danos graves e imediatos, mas não de caráter permanente. O produto em contato com a água entra, imediatamente, em processo de hidrólise (decomposição pela água), e as constantes análises feitas no Rio Paraíba do Sul confirmaram a ausência de contaminação do produto.
Investimentos em Meio Ambiente
O diretor industrial da Servatis, Uataul Teixeira, anunciou que a empresa pretende ampliar seus investimentos em Meio Ambiente e para isso vai estabelecer uma parceria com a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), Associação Ecológica Piratingaúna, que atua na defesa do Rio Paraíba do Sul, por meio de Centro de Referência de Informação e Educação Ambiental, sediado em Barra Mansa. Entre as medidas de compensação ambiental analisadas estão a reposição de alevinos (peixes), reflorestamento da mata ciliar no entorno do Rio Paraíba do Sul e a implantação de um cinturão verde, que dará cobertura de 20% da área do complexo industrial da Servatis.
Laboratórios à disposição
Desde quando identificou o acidente, a empresa colocou à disposição dos órgãos ambientais, das prefeituras e empresas vizinhas seus laboratórios para análises das águas. Na quarta-feira, a Feema já havia liberado a captação de água do Rio Paraíba do Sul para consumo.
Empregos
A Servatis foi criada há três anos por meio de um EBO (Employee Buy Out) - a fábrica, que iria fechar, foi comprada pelos seus próprios funcionários. Atualmente, entre empregos diretos e indiretos, são 650 empregos gerados, o que significa que duas mil pessoas dependem economicamente da empresa


Fonte: Servatis.

Mortandade 2009


novembro 26, 2008

Desprezado Paraíba


  

 Estas águas de  meu rio sem exagero da comparação é minha mais  doce  amante, caliente e sempre feliz por me  receber dentro dela, e de tantas horas e dias passadas em tuas aquecidas entranhas eu me apaixonei perdidamente  por ti, águas do  meu Rio Paraíba do Sul. 
   Suas ilhas ,como púbis, dividindo suas grossas pernas, de uma coxa a direita,  valorosos e ardilosos Robalitos, na outra coxa saltitante e valentes Piabanhas e Dourados.
 E hoje te chorei e te perdi mais um pouco, mais um tanto de doloroso carpir  a se somar as pragas das cataguases e tal;  Seus seres , suas vidas, nossas vidas que valentemente encaram nossas artimanhas e poderosas ferramentas de pescador , boiadas e estufadas, pútridas e fedorentas;   faremos que lhe sejam entregues do mesmo veneno,   na mesma dolorosa proporção a punição a aqueles que mais uma pouco tiraram de vida do  meu amor de águas.
 Eu imagino  o Delta , mais deverá estar parecendo um Omega;  como estará neste momento?           Toda a morte prematura que roçou o Cais da Lapa esta agora juntada  nos berçários corrompidos de Atafona e Gargaú. 
  Não foi veneno que te te destruiu mais um pouco;   foi desprezo, foi descaso, foi escárnio de uns que se dizem  "seres humanos".
  - Se perder este Amor, perco a vida, perdemos a vida !
     Se não tivermos uma atitude desta vez , seremos como eles; sem caráter, sem dignidade e sem nenhum respeito  pela vida a nossa volta !

Armando Barreto

novembro 25, 2008

ENDOSULFAN Pesticida no Rio Paraíba do Sul


Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (1 de 12) 

1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA 
Nome do Produto: ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 
Aplicação: Inseticida e acaricida (ciclodieno organoclorado) 
Registrante: MILENIA AGRO CIÊNCIAS S.A. 
Rua Pedro Antônio de Souza, 400 – Londrina – PR 
Parque Rui Barbosa. CEP 86031-610 
Tel.: (43) 3371 9000 Fax:(43) 3371 9025 
E-mail: milenia@milenia.com.br / http://www.milenia.com.br 
Av. Júlio de Castilhos, 2085 
CEP 95860-000 Taquari - RS 
Tel.: (51) 653 1277 

Telefone de emergência: 0800 400 7505 - Milenia Agro ciências S/A 
0800 014 1149 - Toxiclin Serviços Médicos Ltda. 
0800 722 6001 - RENACIAT (Rede Nacional de Centros de 
Informação e Assistência Toxicológica) 

2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES 
Natureza Química: Este produto é um preparado. 

 Ingredientes ou impurezas que contribuam para o perigo: 


Nome químico No CAS Concentração% Fórmula 
Molecular 
Sinônimos 
Sulfito de (1,4,5,6,7,7-
hexacloro-8,9,10trinorborn-
5-en-2,3ilenodimetileno) 
115-29-7 350 g/L ou 35 % 
m/V 
C9H6Cl6O3S Endosulfan 
Xileno 1330-20-7 640 g/L ou 64% 
m/V 
C6H4(CH3)2 Dimetilbenzeno 
Ingredientes Inertes ND 712 g/L ou 71,2 
% m/V 
ND ND 

Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (2 de 12) 

Classificação e rotulagem de perigo: 

Ingredientes ativos Classificação de Perigo Símbolo de Perigo 
Endosulfan 
T: Tóxico 
N: Perigoso para o meio 
ambiente 
(Fonte:ESIS, European 
chemical substances system) 
(Fonte:ESIS, European 
chemical substances 
system) 
Xileno Xn: Nocivo 
(Fonte:ESIS, European 
chemical substances system) 
Xn 
(Fonte:ESIS, European 
chemical substances 
system) 

Sistema de classificação de perigo de acordo com a Diretiva 67/578/CEE 

3. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS 
Perigos mais importantes: O produto pode ser tóxico ao homem e ao meio ambiente se 
não utilizado conforme as recomendações. 

Efeitos do Produto: 

Efeitos adversos à saúde humana: o produto pode ser tóxico quando ingerido. o endosulfan 
atua como potente estimulador do Sistema Nervoso central (SNC), A intoxicação por 
ingestão do produto apresenta sintomas como vomito, diarréia, agitação, tremor, 
convulsões, apnéia, dispnéia, cianose e perda de consciência. O contato pode causar 
irritação dérmica e ocular. Em casos mais graves foi relatada depressão respiratória, coma 
e morte (HSDB,2008). 

Efeitos Ambientais: O produto é muito tóxico para organismos aquáticos, pode 
causar por longos períodos efeitos adversos no meio aquático. 


Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (3 de 12) 

Perigos físico-químicos: O produto é inflamável. 

 Perigos específicos: Não há outros perigos relacionados ao produto. 

Principais Sintomas: A intoxicação por ingestão do produto apresenta sintomas como 
vomito, diarréia, agitação, tremor, convulsões, apnéia, dispnéia, cianose e perda de 
consciência. O contato pode causar irritação dérmica e ocular, irritação do sistema 
respiratório, dores de cabeça, tonturas, fraqueza. Em casos mais graves foi relatada 
depressão respiratória, coma e morte (HSDB,2008). 

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS 
Medidas de Primeiros Socorros: Levar o acidentado para um local arejado. Retirar as 
roupas contaminadas. Lavar as partes do corpo atingidas com água em abundância 
durante 30 minutos. Se o acidentado estiver inconsciente e não respirar mais, praticar 
respiração artificial ou oxigenação. Encaminhar ao serviço médico mais próximo levando 
esta ficha. 

Inalação: Remover a pessoa para local arejado. Se não estiver respirando, faça 
respiração artificial. Se respirar com dificuldade, consultar um médico imediatamente. 

Contato com a pele: Lavar imediatamente a área afetada com água em abundância 
durante 30 minutos. Remover as roupas contaminadas. Ocorrendo efeitos/sintomas, 
consultar um médico. Lavar as roupas contaminadas antes de reutilizá-las e descartar os 
sapatos contaminados. 

Contato com os olhos: Lavá-los imediatamente com água em abundância durante 30 
minutos. Consultar um médico. 

Ingestão: Não provocar vômito, entretanto é possível que o mesmo ocorra 
espontaneamente não devendo ser evitado, deitar o paciente de lado para evitar que aspire 
resíduos. Procurar um médico imediatamente. ATENÇÃO: nunca dê algo por via oral para 
uma pessoa inconsciente. 

Quais ações devem ser evitadas: Não aplicar respiração boca a boca caso o paciente 
tenha ingerido o produto. Utilizar um intermediário ou Ambu para realizar o 
procedimento. 

Proteção para os prestadores de primeiros socorros: Evitar contato cutâneo e inalatório 
com o produto durante o processo. 


Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto QuímicoFicha de Informações de Segurança de Produto Químico
ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (4 de 12) 

Notas para o médico: não há antídoto específico. Em caso de ingestão recente de 
grandes quantidades, procedimentos de esvaziamento gástrico tais como lavagem gástrica 
poderão ser realizados e com especial atenção visando prevenir a aspiração pulmonar, em 
virtude do risco de pneumonite química. Carvão ativado e laxantes salinos poderão ser 
utilizados devido a provável adsorção do princípio ativo pelo carvão ativado. O tratamento 
sintomático deverá compreender, sobretudo medidas de suporte como correção de 
distúrbios hidroeletrolíticos e metabólicos, além de assistência respiratória. Monitoramento 
das funções hepática e renal deverá ser mantido. Em caso de contato ocular, proceder à 
lavagem com soro fisiológico seguida de oclusão e encaminhamento para avaliação 
oftalmológica. Em caso de convulsões podem ser administrados anti-convulsivantes como 
benzodiazepínicos e barbitúricos. 

5. MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO 
Meios de extinção apropriados: Em pequenos incêndios utilizar: pó químico e dióxido de 
carbono. Em grandes incêndios utilizar: água em spray e espuma álcool resistente. 

Procedimentos Especiais: O produto é inflamável. Evacue a área e combata o fogo a 
uma distância segura. Utilize diques para conter a água usada no combate. Posicionar-se 
de costas para o vento. Usar água em forma de neblina para resfriar equipamentos 
expostos nas proximidades do fogo. 

 Equipamentos de proteção especial para combate ao fogo: Equipamento de respiração 
autônoma e roupas apropriadas para combate a incêndio. 

Perigos específicos: Exposto ao fogo, ocorre decomposição do produto liberando gases 
tóxicos e irritantes, e a fumaça pode tornar o ambiente asfixiante. Utilizar respirador 
autônomo para aproximação. 

6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO 
Precauções pessoais: Utilizar macacão impermeável, óculos protetores, botas de 
borracha e luvas de borracha nitrílica, PVC ou outro material impermeável. A proteção 
respiratória deverá ser realizada dependendo das concentrações presentes no ambiente ou 
da extensão do derramamento/vazamento, para tanto, deverá se optar por máscaras 
semifaciais ou faciais inteiras com filtro substituível ou ainda, respiradores de adução de ar 
(ex.: máscaras autônomas). 

Remoção de fontes de ignição: Interromper a energia elétrica e desligar fontes 
geradoras de faíscas. Retirar do local todo material que possa causar princípio de 
incêndio (ex.: óleo diesel derramado). 

Controle de poeira: Não aplicável por tratar-se de um líquido 


Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (5 de 12) 

Prevenção da inalação e do contato com a pele, mucosas e olhos: Utilizar roupas 
e acessórios descritos acima. 

Precauções para o meio ambiente: Evitar a contaminação dos cursos d’água vedando a 
entrada de galerias de águas pluviais (boca de lobo). Evitar que resíduos do produto 
derramado atinjam coleções de água, construindo diques com terra, areia ou outro 
material absorvente. 

Métodos para limpeza: Conter e recolher o derramamento com materiais absorventes 
não combustíveis (ex: areia, terra, vermiculita, terra de diatomácea). Colocar os 
resíduos em um recipiente para eliminação de acordo com as regulamentações locais. 
Limpar preferivelmente com um detergente; evitar o uso de solventes. 

Prevenção de perigos secundários: Evitar que o produto contamine riachos, lagos, 
fontes de água, poços, esgotos, galerias pluviais e efluentes. 

7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO 
Manuseio:

 Medidas técnicas: utilizar EPI conforme descrito no item 8. Manter pessoas, 

principalmente crianças e animais domésticos longe do local de trabalho. Não entrar em 

contato direto com o produto. Evitar derrames ou contaminação do equipamento de 

aplicação, durante o seu abastecimento. 

Prevenção da exposição do trabalhador: Utilizar EPI conforme descrito no Item 8. 
Não comer, beber ou fumar durante o manuseio do produto. Ao abrir a 
embalagem fazê-lo de modo a evitar vazamento. Não utilizar equipamentos de 
proteção individual e de aplicação danificados e /ou defeituosos. Não desentupir 
bicos, orifícios, tubulações e válvulas de equipamentos de aplicação com a boca. 
Não manipular e/ou carregar embalagens danificadas. 

Prevenção de incêndio e explosão: manter o produto afastado do calor, faíscas, 

chamas e outras fontes de ignição. 

Precauções para manuseio seguro: utilizar EPI conforme descrito no Item 8. Não 
aplicar o produto nas horas mais quentes do dia, contra ou na presença de 
ventos fortes de modo a evitar a sua deriva. 

Orientações para manuseio seguro: utilizar EPI conforme descrito no Item 8. 
Manusear o produto com exaustão local apropriada ou em área bem ventilada, se em 


Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (6 de 12) 

ambientes abertos manuseá-lo a favor de vento. Aplicar somente as doses 
recomendadas pelo fabricante. No caso de sintomas de intoxicação, interromper 
imediatamente o trabalho e proceder conforme descrito no Item 4 desta ficha. 

Armazenamento 

Medidas técnicas apropriadas: Manter o produto em seu recipiente original. 
Manter as eventuais sobras dos produtos ou com a validade vencida em suas 
embalagens originais adequadamente fechadas. 

Condições de armazenamento 

Adequadas: Manter o recipiente adequadamente fechado, à temperatura 
ambiente e ao abrigo da luz. Armazená-lo em local bem ventilado, 
devidamente identificado, exclusivo para produtos tóxicos. Trancar o local 
evitando o acesso de pessoas não autorizadas e crianças. 

 A evitar: Locais úmidos e com fontes de calor. 

Produtos e materiais incompatíveis: não armazenar junto com alimentos, 

bebidas, inclusive os destinados para animais. 

Materiais seguros para embalagens

 Recomendadas: Produto já embalado em embalagem apropriada. 

8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL 
• 
Medidas de controle de engenharia: Quando aplicável utilizar sistema de exaustão e 
providenciar uma ventilação adequada ao local de trabalho. O operador deve sempre 
utilizar um equipamento para proteção respiratória mesmo quando providenciada uma 
boa ventilação natural ou mecânica. 
Parâmetros de controle específicos:

 Limites de exposição ocupacional: 


Nome comum Limite de 
Exposição 
Tipo Efeito Referências 
Endosulfan 0,1 mg/m3 TWA/TLV Dano fígado; 
comprometimento 
SNC; dano rim. 
ACGIH 2006 

Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 


Página: (7 de 12) 

Xileno 
100 ppm TWA/TLV Irritação dos olhos, 
Trato respiratório 
superior e SNC 
ACGIH 2006150 ppm STEL/TETO 

 Indicadores biológicos: 

Nome comum Limite Biológico Tipo Notas (Horário da 
Coleta) 
Referências 
Endosulfan 
Não 
estabelecido 
BEI 
---
ACGIH 2006 
Xileno 
Determinar: 
Ácidos metilhipúricos na 
urina 
1,5 g/g 
creatinina 
BEI Final da jornada ACGIH 2006 

Equipamentos de proteção individual: 

Proteção respiratória: Utilizar máscaras de borracha ou silicone com filtro químico 
para pesticidas combinado com filtro mecânico para partículas classe P2. 

Proteção para as mãos: Utilizar luvas de borracha nitrílica, PVC ou outro material 
impermeável e resistente a rasgos e perfurações. 

Proteção para os olhos: Utilizar óculos de segurança para produtos químicos. 

Proteção para a pele e corpo: Utilizar macacão impermeável e botas de borracha. 

• 
Precauções Especiais: Manter os EPI’s devidamente limpos e em condições adequadas 
de uso, realizando periodicamente inspeções e possíveis manutenções e/ou 
substituições de equipamentos danificados. 
Medidas de higiene: Tomar banho e trocar de roupa após o uso do produto. Lavar as 

roupas contaminadas separadamente, evitando contato com outros utensílios de uso 

pessoal. 

9. 
PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS 
Estado físico: Líquido 
Cor: amarelo claro 
Odor: Característico 
pH: aprox. 6,50 - solução 1% m/v em água. 



Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto QuímicoFicha de Informações de Segurança de Produto Químico
ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (8 de 12) 

 Temperaturas específicas ou faixas de temperatura nas quais ocorrem mudanças de 
estado físico: 

• 
Ponto de ebulição: Não determinado 
• 
Ponto de fulgor: > 23°C 
• 
Ponto de fusão: 88 - 106 ºC (ingrediente ativo). 
• 
Limites de explosividade superior/inferior: O produto não é explosivo 
• 
Densidade: aprox.1,0530 g/cm3 a 20°C 
• 
Viscosidade: 1,3555 cP a 20°C 
• Solubilidade/Miscibilidade: O produto é emulsionável em água. 
10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE 
Estabilidade: Produto é estável à temperatura ambiente e ao ar, sob condições normais 
de uso e armazenagem. 

Condições a evitar: Evitar altas temperaturas, fontes de ignição, exposições 
prolongadas à luz solar direta e exposição ao ar com a embalagem aberta. 


• 
Reações perigosas: Não há reações perigosas conhecidas sob condições normais de 
uso e armazenamento. 
• 

• 
Produtos perigosos de decomposição: não há decomposições conhecidas sob 
condições normais de uso e armazenamento. Em condições de alta temperatura ou 
queima pode produzir gases tóxicos e irritantes tais como monóxido de carbono, dióxido 
de carbono, cloretos e sulfetos. 
11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS 
Toxicidade aguda: 
DL50 Oral em ratos machos = 45,6 +- 4,8 mg/kg 
DL50 Dérmica em ratos machos e fêmeas: >2000 mg/Kg 
CL50 Inalatória em ratos machos e fêmeas: 1,26 mg/L 


Efeitos Locais: 
Irritabilidade cutânea em coelhos: O produto é considerado não irritante. 
Irritabilidade ocular em coelhos: o produto é considerado irritante 


Toxicidade crônica: 


Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (9 de 12) 

Mutagenicidade: O produto é considerado não mutagênico. 
Carcinogenicidade: O ingrediente ativo é considerado não carcinogênico. 
Teratogenicidade: O ingrediente ativo é considerado não teratogênico. 
Efeitos na reprodução: o ingrediente ativo é considerado não indutor de efeitos 
reprodutivos. 


12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS 
13. 
Efeitos Ambientais, comportamentais e impactos do produto: 

Mobilidade: O ingrediente ativo apresenta baixa mobilidade em solo. 
Persistência / Degradabilidade: o produto é considerado não facilmente 
biodegradável 

Ecotoxicidade: 

Toxicidade para peixes: (Brachydanio rerio) CL50 (96hs) = <>
Toxicidade para minhocas: (Eisenia foetida) CL50 (14 dias) = 11,14 mg/Kg. 
Toxicidade para microrganismos(Spirillun volutans): MEC90(30') = 180 ppm. 
Toxicidade para microcrustáceos: (Daphnia magna) CE50 (48 hs) = 0,12 ppm. 
Toxicidade para algas: (Chlorella vulgaris) CE50 (96 hs) = 18,825 ppm. 
Toxicidade para abelhas: (Apis mellifera) DL50 (24 hs) = 3,71 ug/abelha. 
Toxicidade para aves: (Coturnix coturnix japonica) DL50 (14 d) = 218,75 mg/Kg. 

CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO 

Métodos de tratamento e disposição: 

Produto: Desativar o produto através de incineração em fornos destinados para 
este tipo de operação, equipados com câmaras de lavagem de gases efluentes e 
aprovados por órgão competente. 

Restos de produtos: Manter as eventuais sobras dos produtos e ou com validade 
vencida em suas embalagens originais adequadamente fechadas. O local deve 
ser exclusivo para produtos tóxicos, devendo ser isolado de alimentos, bebidas 
ou outros materiais.O local deve ser seguro (coberto, ventilado e com piso 
impermeável). 

Embalagem usada: As embalagens vazias deverão ser submetidas à tríplice 
lavagem e armazenadas em local seguro (coberto, ventilado e com piso 
impermeável) para posterior devolução no estabelecimento comercial onde foi 
adquirida dentro do prazo de um ano. Não queime, nem enterre ou reutilizem as 
embalagens. A reciclagem pode ser aplicada desde que obedecidas as 


Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (10 de 12) 

legislações pertinentes. Observe legislação Estadual e Municipal específicas. 
Consulte o Órgão Estadual e Municipal específicos. Consulte o Órgão Estadual 
ou Municipal de Meio Ambiente. 

14. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE 
• Regulamentações nacionais e internacionais: 
(Resolução 420) Classificação (Transporte Rodoviário): 
Classificação: 
(Transporte 
Rodoviário) 
Número da ONU: UN2903 
Nome Apropriado para 
Embarque: 
PESTICIDA LÍQUIDO, TÓXICO, 
INFLAMÁVEL. N.E., com ponto de fulgor 
igual ou superior a 23°C (Endosulfan e Xilol) 
Classe de Risco: 6.1 
Subclasse de Risco: 3 
Número de Risco: 63 
Grupo de Embalagem: III 
Provisão Especial: 61, 223, 274 
Quantidade Isenta: Veículo: 333 Kg 
Embalagem Interna: 5 L 
Embalagens e IBCs: Instruções de Embalagens: P001, IBC03 
Provisões Especiais: -
Tanques: Instruções: T 7 
Provisões Especiais: TP 2 

(IATA) Classificação (Transporte Aéreo): 

IATA Classificação: 
(Transporte Aéreo) 
Número da ONU: UN2903 
Nome Apropriado para 
Embarque: 
PESTICIDA LÍQUIDO, TÓXICO, 
INFLAMÁVEL, N.E., com ponto de fulgor igual 
ou superior a23°C (Endosulfan e Xilol) 
Classe de Risco: 6.1 
Subclasse de Risco: 3 
Número de Risco: 63 
Grupo de Embalagem: III 
ERG Code: 6 F 
Avião de Passageiros: Instruções de Embalagem: 6 11 
Quantidade Máx. por 
Embalagem: 
60 L 
Como Quantidade 
Limitada, Instruções de 
Embalagens: 
Y611 

Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 


Página: (11 de 12) 

 Como Quantidade 
Limitada, 
Quantidade Máx. por 
Embalagem: 
2 L 
Avião de Carga: Instruções de Embalagem: 618 
Quantidade Máx. por 
Embalagem: 
220 L 
Provisão Especial: A 6 

(I.M.O) Classificação (Transporte Marítimo): 
I.M.O. Classificação 
(Transporte Marítimo) 
Número da ONU: UN2903 
Nome Apropriado para 
Embarque: 
PESTICIDA LÍQUIDO, TÓXICO, 
INFLAMÁVEL, N.E., com ponto de fulgor igual 
ou superior a23°C (Endosulfan e Xilol) 
Classe de Risco: 6.1 
Subclasse de Risco: 3 
Numero de Risco: 63 
Grupo de Embalagem: III 
Poluente Marinho: Poluente Marinho 
Provisão Especial: 61, 223, 274, 944 
Quantidade Limitada: 5 L 
EmS: F-E, S-D 
Embalagem: Instrução: P001 
Provisão: -
IBC: Instrução: IBC03 
Provisão: -
Instruções para Tanks: IMO: -
UN: T7 
Provisão: TP2 


15. REGULAMENTAÇÕES 
Informações sobre risco e segurança: 

• R Frases: 
R10 Inflamáveis. 

R20 Nocivo por inalação. 

R21Nocivo em contato com a pele. 

R25 Tóxico se ingerido 

R28 Muito tóxico se ingerido 

R36 Irritante para os olhos 

R38 Irritante para a pele. 

R51 Tóxico para organismos aquáticos. 

Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 

ENDOSULFAN 350 EC MILENIA 

Página: (12 de 12) 

R53 Pode causar por longo perído efeitos negativos no ambiente aquático 

S Frases: 
S1 Manter trancado 
S2 Manter fora do alcance de crianças. 
S25 Evitar contato com os olhos 
S28 Depois do contato com a pele, lavar imediatamente com bastante espuma de 
sabão. 
S36 Usar vestuário adequado de proteção 
S37 Usar luvas apropriadas. 
S45 Em caso de acidente ou indisposição, consultar imediatamente o médico (se 
possível mostrar o rótulo do produto ao médico). 
S60 Este material e seu recipiente devem ser colocados com os resíduos perigosos 
S61 Evitar a liberação para o meio ambiente. Obter instruções específicas ou fichas de 
segurança. 

16. OUTRAS INFORMAÇÕES 
"Esta Ficha foi elaborada por TOXICLIN® Serviços Médicos, a partir de dados fornecidos pela 
Empresa registrante. As informações desta FISPQ representam os dados atuais e refletem 
com exatidão o nosso melhor conhecimento para o manuseio apropriado deste produto sobre 
condições normais e de acordo com a aplicação específica na embalagem e/ou literatura. 
Qualquer outro uso do produto que envolva o uso combinado com outro produto ou outros 
processos é responsabilidade do usuário". 

Elaborado por: Adriana Hassanie Data: 27 / 08 / 2008 

Revisado por: Sérgio Graff Data: 27/ 08 / 2008 

Data de elaboração: (26 / 01 / 2002) Data de revisão: (28 / 08 / 2008) 
Número de Revisão: (2) 

A Arte da Guerra


Sun Tzu, por volta do ano 400 antes de Cristo, apresentou seu livro para Ho-lü, ou Wu Helu, rei do pequeno povo semibárbaro de Wu. O rei, após ler os treze capítulos, chamou Sun Tzu e elogiou seu trabalho. Perguntou se era possível utilizá-lo com suas tropas. Sun Tzu respondeu com alegria que sim. Depois perguntou o rei, em tom de zombaria, se poderia aplicá-lo às mulheres. O general, ressentido, disse sim.
O rei imediatamente mandou reunir suas 180 concubinas no pátio do palácio e lhes deu armas. Sun Tzu dividiu-as em dois grupos, liderados pelas duas favoritas do rei, que a tudo assistia do púlpito. E então perguntou:
- Vocês conhecem as posições "frente", "esquerda", "direita" e "retaguarda"?
- Sim. Responderam as moças, que estavam dispersas e riam da situação.
- Ótimo, pois quando eu disser "frente" olhem para frente. Quando eu disser "esquerda", "direita" e "retaguarda" olhem nessas direções. Façam o que eu mandar. Está claro? 
Mas uma vez, as moças responderam que sim por entre os risinhos.
Sun Tzu sinalizou para a guarda e falou:
- Estejam prontos para punir quem me desobedecer. - Os guardas prontamente desembainharam suas espadas.
O general levantou sua bandeira e sinalizou, gritando a plenos pulmões:
- Frente!. - As concubinas desataram a rir, displicentes. Sun Tzu refletiu:
- A incapacidade de dar ordens claras é uma falha do comandante. Explicarei novamente. Quando eu disser "frente", "esquerda", "direita" e "retaguarda", olhem nessas direções.
Levantou novamente sua bandeira e apontando para o lado gritou: 
- Esquerda!
As moças desataram a gargalhar.
Sun Tzu falou:
- A incapacidade de dar ordens claras é uma falha do comandante. Mas quando elas são claras, a culpa é dos soldados. 
Assim, ordenou aos guardas:
- Matem quem me desobedeceu! Poupem as moças, mas não suas líderes!
As moças, acuadas, pediram piedade ao rei, que interveio:
- Sei agora que você é um bom comandante, mas não gostaria de perder minhas concubinas favoritas. Deixe-as ir, não as mate. - Pediu o rei, animado com a cena.
- Não. - Retrucou Sun Tzu - Como comandante, não posso aceitar interferências no comando das tropas.
Virou-se para os guardas e ordenou:
- Executem-nas em público! - E os soldados, sem o menor traço de piedade, obedeceram. O rei e as concubinas assistiram ao espetáculo aflitos.
Sun Tzu escolheu mais duas moças para liderar as tropas e orientou-as novamente. Desta vez nenhuma moça ousou rir e todas elas marcharam de acordo com o rufar dos tambores.
O general dirigiu-se ao rei e exortou:
- Elas agoras estão treinadas e prontas para a inspeção, majestade. Podereis usá-las como bem entender, estão prontas para realizar a tarefa mais difícil em vosso nome.
O rei, contrariado, retirou-se. Mas reconheceu o gênio de Sun Tzu e nomeou-o General de suas tropas. Neste período o pequeno estado Wu anexou os reinos ao norte e oeste, transformando-se numa grande potência graças aos feitos de Sun Tzu.

novembro 24, 2008

Amanda

Pois que conheces o autor da poesia " Verso da Canção "
E ele te conhece 
Assim que se fez em tua face 
O primeiro sorrir e o chorar.
Quem te deu por nome Amanda,
pois que és nascida para Amar..
 
E esta ?

Seus sonhos são vivos 
Em meus olhos.
Seus olhos são guias
De meus sonhos.
Guiar seus olhos por meus olhos
é tornar
Um só sonho
nossos sonhos.
Me olhe 
Me guie 
minha vida 
Meu sonho




novembro 22, 2008

Verso da canção..


Palavra  não morre
Em forma de poesia
Poeta que é coisa divina
Também não pode morrer

Pra um lugar especial
Num sono reconfortante
Repasto revigorante
Sem igual
Ele deve adormecer

Neste estado profundo
Poesias noutro mundo
Ele inicia tecer

Ser poeta todo dia
Versar dor , amor, alegria
Não é humano fazer

Poeta é ser diferente
É alma gêmea de gente
De fácil  reconhecer

O verso de um poeta 
Por mais tonto que pareça
Faz o mundo amanhecer

Encanto de Deus herdado
Escrevinhar  vida, dor  e pecado
Caminho,  tropeço e calvário
Sem almejar salário
Querendo só escrever

Quem na vida foi poeta
Ao passar é poesia
Paz , encanto, magia

Rastro de rimados sonhos
Felicidade de  ser  poeta
De rumos  e coração,  risonhos

Servindo à inspiração
Pois que verso serve à canção
A tua poesia o pranto acalma
Doutor de minha alma
No etéreo  onde andes
Antonio Roberto Fernandes


 

novembro 20, 2008

Desastre Quimico no Rio Paraíba dos Sul


20 / 11 / 2008 Líquido tóxico vaza em rio, peixes morrem e 3 cidades ficam sem água no RJ

O vazamento de um produto químico tóxico no rio Paraíba do Sul (RJ) causou a mortandade de milhares de peixes e a interrupção no abastecimento de água em parte do sul fluminense nesta quarta-feira. O vazamento foi causado por uma empresa de processamento de produtos químicos na altura de Resende (RJ), segundo a prefeitura do município e interrompe o abastecimento de água em Porto Real, Volta Redonda e Barra Mansa. Somada, a população das três cidades chega a 430 mil habitantes, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A Servatis, empresa de processamento de produtos químicos, reconheceu a responsabilidade pelo vazamento no rio, o principal do Estado e única fonte de abastecimento de água para cerca de 12 milhões de pessoas, segundo o governo do Rio.

O acidente aconteceu na manhã de terça-feira (18) na altura de Resende, mas só nesta quarta-feira a prefeitura do município tomou conhecimento sobre o vazamento, após pescadores relatarem a grande mortandade de peixes.

O líquido que vazou, segundo a Agência de Meio Ambiente de Resende, é composto de organoclorado, utilizado para fazer pesticidas e inseticidas. Após análise, a agência avaliou que o produto é altamente tóxico e nocivo para peixes e outros seres vivos do local. Segundo o órgão, milhares de peixes apareceram mortos desde terça-feira no leito do Rio.

"Está uma visão pavorosa. O impacto é brutal", afirmou o presidente da Agência de Meio Ambiente de Resende, Luis Felipe César.

Técnicos da prefeitura e da Agência Regional do Médio Paraíba da Feema (Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente) fizeram coletas nesta quarta-feira para um laudo sobre o acidente.

"A dimensão dos danos ainda será calculada, mas a empresa certamente será multada", afirmou César, segundo quem a Servatis é reincidente em problemas do tipo. Ele afirmou que, há alguns meses, a empresa causou um acidente ambiental aéreo e, por isso, foi multada em R$ 307 mil.

A Servatis reconheceu o vazamento, mas disse que só se manifestará sobre o caso no fim da tarde desta quarta-feira.

Abastecimento - Por causa do acidente ambiental, três municípios da região - Porto Real, Volta Redonda e Barra Mansa - interromperam o abastecimento de água para a população. O vazamento, segundo a Feema, ocorreu em um trecho do rio que vai em direção aos três município, em um trecho final de Resende.

Ainda não há previsão para o retorno do serviço.

Com nascente em São Paulo, o rio Paraíba do Sul corta quase metade do Estado do Rio, ou 37 municípios. Segundo a Secretaria Estadual do Ambiente do Rio, as águas do Paraíba do Sul são a única fonte de abastecimento para 85% da região metropolitana do Rio. (Fonte: Luisa Belchior /Folha Online)

DICA DE LEITURA ........

Onten como hoje !


O ovo da serpente

por Alexandre Garcia
29 de janeiro de 2002



Há oito anos, quando pedia voto para ser presidente da República, FHC mostrava na mão espalmada suas cinco prioridades. Um dos dedos era o da segurança pública. Que só fez piorar. Tucanos e petistas estão colhendo os frutos de sua política de combate ao crime. Em vez de matarem a serpente, fertilizaram-na e ela se multiplicou. Tucanos e petistas, acostumados a ver a polícia como uma ameaça, nos seus tempos de comícios de esquerda, parece que se vingaram. Acostumados a ver militantes perseguidos, trataram de dar direitos os perseguidos - só que hoje eles são militantes do Comando Vermelho, do Comando da Capital, do tráfico de drogas, dos seqüestros, do contrabando de armas, do controle das prisões.

Os mais à esquerda viam a segurança pública como proteção das elites ameaçadas. Na luta de classe marxista, viam nas ruas apenas a revolução dos pobres contra os ricos. E assim foi durante mais de uma década. Nas ruas, os pobres são os mais sacrificados, porque os mais indefesos. São os mais oprimidos, porque não têm dinheiro para vigilantes, grades, alarmas, segurança eletrônica. Durante anos, os intelectuais apontaram como causa da bandidagem a pobreza, cometendo uma calúnia cruel contra os necessitados, porque a tese implica considerá-los desonestos e sem-caráter. Pode ser até que o desespero leve ao furto, mas não ao seqüestro covarde e cruel. A bandidagem é uma questão de má-formação, não importa que se seja pobre, classe média ou banqueiro.

Durante anos, ai de quem combatesse os criminosos! O Capitão PM que salvou a menina Tábata matando seus dois seqüestradores, em vez de receber medalha no Palácio dos Bandeirantes, foi considerado assassino pela mídia - e absolvido pelo povo que o elegeu Deputado Estadual. O apresentador que investia contra bandidos sempre foi considerado pelos intelectuais da mídia um pregador da violência. Mas o povo o elegeu deputado federal. Os intelectuais teimaram, durante anos, em ficar ao lado dos bandidos e contra a polícia, ignorando as vítimas. Agora que José Genuíno e Aloísio Mercadante pedem prisão perpétua, ROTA e Forças Armadas no combate ao crime, uma boa parte do PT ainda se escandaliza.

Durante anos, as pessoas organizaram passeatas por abstrações: pela paz e contra a violência. Se a passeata de domingo, em São Paulo, tivesse sido feita na Palestina, estaria no lugar certo. Porque o bandido não imagina que um movimento pela paz e contra a violência seja contra ele. E não é. Para combater a violência, se proíbem lutas de boxe, algumas partidas de futebol e até desenhos animados. Mas ninguém consegue prender a violência. Prendem-se bandidos. É preciso mobilizar o povo, sim, contra os criminosos. Esses são concretos e estão nos matando. E dar um puxão-de-orelhas nos legisladores que foram bonzinhos com os criminosos e maus com a polícia. Se a polícia está mal-paga, desestruturada, mal formada, mal armada, dispersa, desorganizada, desarticulada, é porque uma filosofia, durante anos, a desmontou. E se os criminosos de todas as idades estão cada vez mais ousados e confiantes na impunidade, é porque fizeram leis para dar-lhes direitos e penas de cesta básica.

Agora que estão matando prefeitos, juízes, promotores, eles começam a perceber que durante anos a vítima foi o povo e, principalmente, o povo mais pobre. Enquanto isso, outros davam o mau exemplo de enriquecer pela corrupção e pela sonegação. Na semana passada, um juiz carioca pôs no xadrez uma quadrilha de banqueiros. O advogado deles, considerando a decisão como "obcena, violenta e ilegal", pediu habeas corpus ao Superior Tribunal de Justiça. O habeas foi negado. Mas na segunda-feira, o Presidente do Supremo deu o habeas. Difícil ainda ter esperança.

novembro 19, 2008

Reciclar é preciso !

7 / 11 / 2008 Catadores de materiais recicláveis reivindicam política pública para o setor


Promover a mobilização dos catadores fluminenses e iniciar as discussões sobre o fechamento e erradicação dos lixões são alguns objetivos do 1º Congresso Estadual do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, que termina amanhã (16).

Segundo informou hoje (sexta-feira) à Agência Brasil o líder do movimento no estado, Sebastião Carlos dos Santos, a idéia é disseminar a coleta seletiva não apenas como um projeto de inclusão social, mas como uma política pública de geração de trabalho e renda e de preservação ambiental. “As pessoas falam muito de meio ambiente, mas se esquecem que meio ambiente e coleta seletiva caminham juntos. E, principalmente, que existe um protagonista nessa história, que é o catador de materiais recicláveis”.

É preciso, frisou Sebastião dos Santos, que a coleta seletiva seja encarada pelas autoridades municipais como uma política pública, a exemplo do que acontece com relação à saúde e à educação. “Até porque coleta seletiva sem catador não é coleta. É lixo. A gente quer também mostrar que essa categoria está trabalhando há vários anos de forma precária, sofrendo vários estigmas como ladrão, marginal, mendigo, catador de lixo”.

Santos destacou que a profissão de catador já começa atualmente a ser vista de maneira diferente, “até pela própria inclusão e pelas questões ambientais”. Ao final do congresso, será elaborado um documento que será encaminhado aos prefeitos eleitos e re-eleitos do estado do Rio, cujos catadores estão participando do evento. “Os municípios têm que começar a pensar em um modo diferente de tratar o seu lixo. Porque lixo são coisas que não prestam. E a gente trabalha com materiais recicláveis”.

O congresso tem como tema central “Lixo e Cidadania: Um grande Desafio para o Mundo Globalizado”. Cerca de 250 catadores, representando 60 cooperativas fluminenses e de outros estados, participaram hoje do evento, que é promovido pelo MNCR em parceria com o Instituto Brasileiro de Inovações em Saúde Social (Ibiss).

(Fonte: Alana Gandra / Agência Brasil)

novembro 18, 2008

Fudevou de Cassarolé no Vizelas Country


Aquela chuvarada de afogar rã, um dilúvio e nós sem arca, nós tudo ilhado ás margens do EsplanadaRiver , cercânias do VizelasCountry, bem sob as vistas dos Vizinhos no Condomínio Nashville. Eis que numa aparição quase etérea, mestre Paulo Vizela nos surge, com um baita naco de carne seca e uma idéia na cabeça, ainda que esta das boas, pois que a poucos minutos atrás a cachola do véinho tava c heinha até as bordas com as contabilité da " Titia ".
- Falar procê tive outro jeito não,Cheff Amandão foi procurar o fogão.

Prato do Dia, ou da noite.


Ingredients:

1/2 kg de carne seca tipo Só Deus sabe de onde veio(congelada)
1 Cebola (mumificada)
1 Pimentão(sem comentários)
1 Tomate( salvou meio)
1 colher de Pasta de alho verde
1 porção pequena de azeitonas em fatias( pretas ou talvez cerdes)
1 Porção cebolinha( congelada)
1 borrifada de molho Inglês(putz)
Azeite Galo (Acidez não informada)
Sobra de arroz do almoço

Modus operandis:

Corte em nacos a carne ainda congelada
dessalgue em tres águas quase fervente
Na panela que dessalgou, frita a carne seca no azeite( Azeite Póóóóóde )
Numa frigideira a parte ( aliás uma senhora frigideida, VIP)
Doure a cebola, meta a pasta de alho pra dentro, jogue parte do pimentão picado, borrife o molho inglês, mande de uma vez só as azeitonas, as ceblinhas do jeito que tiver, embole e mexa o tomate no molho, escute um pitaco do Dr. Luiz Henrique mentindo descaradamente que tá ficando bonito, O Moisés achou um cubo caldo de galinha, manda pra reforçar o tempero, coloque finalmente a carne seca frita, misture e reze.
- E tome chuva, vou precisar buscar o barco pra voltar pra casa !
Eita, putzgrilo tem o arroz, faz o que Vizela? Mistura e manda Gordo.

- Orra Meu, Tá parecendo um Risoto Baiano, vamos batizar a criança.essa honra é minha, o filho é meu; chamar-se a:

- Fudevou de cassarolé !

Sirva em cumbucas personalizadas by Monalisa com um pouquinho de farinha por cima, Acompanhe com algumas Ices do Verão passado, e o ingrediente mais importante:

Amigos à volta da mesa !

Aí Marilene, esta você perdeu, tá convidada pra próxima, ocê também Titia !

Obs: E, não é que ficou espetacular o trem, acho que o único que não gostou foi o São Pedro, pois ele mandou a chuva cair em dobro, acho que a boquinha dele encheu d'agua.............

novembro 17, 2008

Carta a um " amigo ".

Acabo de ler os dois editoriais do Sr. Aluizio Cardoso Barbosa, ele foi sincero, inteligente e lógico em suas observações, leia com atenção mais outra vez e poderá tirar bons ensinamentos, algumas críticas fundamentadas como as de acima, acrescentam ao homem público; principalmente quando inteligentemente ele as absorve.
Fez ele demonstrar o mais absoluto conhecimento de sua trajetória.
Esta sua facilidade de desfazer amizades é incompreensível para alguém que almeja falar em nome das comunidades.

Eu lembro de uma propaganda da Coca-Cola que era divulgada nos carros pelas ruas dos bairros de Campos, lá no início de sua caminhada; lembro da sua voz naqueles tempos, o tom simpático que irradiava felicidade:

- ............. Fala ............, falo, falo sim...
Aquele tom fez você ser o que é , o que você utiliza hoje vai te fazer ser o que não quer e, não merece ser !

Você hoje é o estrategista, letal e eficiente marido ..........., da .......... e quem sabe até da ..............; eu penso que és mais !

Esqueceu meu amigo de acarinhar , só sabe bater.
" O problema é que quem bate esquece, quem apanha não. !!!!! "


Também quero fazer o melhor por nossa cidade, tenho objetivos, e hoje pra tornar realidade meus projetos, seria necessário ser seu amigo e correr o risco de ser um ex-amigo, talvez até um inimigo, seria o primeiro inimigo que eu teria nestes 45 anos de respeitável existência, e isto eu não preciso.

Armando Barreto

novembro 16, 2008

SEGURANÇA NADA OFICIAL

| SEGURANÇA > NADA OFICIAL |

“Homens de preto” no 2º turno
José Renato


“Homens de Preto”, ou “Men In Black (MIB)”, é o nome de uma comédia de sucesso do cinema sobre agentes especiais que protegiam a humanidade contra a ameaça extraterrestre. Em Campos, terra de fatos inusitados na política, uma MIB bem particular já passou pela cidade: a Polícia Federal (PF), no segundo turno das eleições municipais, no dia 26 de outubro, deteve sete “homens de preto”, vestidos de ternos escuros, suspeitos de fazerem vigilância clandestina com finalidade de evitar compra de votos. O fato, narrado sem maiores detalhes pela PF no dia da disputa final entre Rosinha Garotinho (PMDB) e Arnaldo Vianna (PDT), virou processo no juízo da 99a Zona Eleitoral, de número 029/2008, em que constam os termos de declarações dos principais envolvidos.

Os “MIB” que atuaram no segundo turno em Campos na realidade mostraram ser os reais “alienígenas”: eram todos de Bom Jesus do Itabapoana. Segundo levantamento inicial da PF os agentes teriam sido contatados por um policial civil, Alexandre Alcântara, de Bom Jesus, para fiscalizar e evitar compra de votos pelo PDT. O policial controla a “Guardian Protection”, empresa de segurança fechada pela própria PF em abri deste ano, por não estar autorizada para operar. As pessoas ganhariam de R$ 30 a R$ 35, trabalhando em locais de votação, como os Cieps do Parque Aurora e da Penha. O policial federal Renato Zacché encaminhou ao delegado Ronaldo Menezes, titular da PF em Campos, os termos de declarações, referente às pessoas que estariam fiscalizando o processo eleitoral na cidade, e que “trajavam ternos pretos, e segundo suas declarações, teriam sido contratadas por Alexandre Alcântara”.

Um dos “homens de preto” ouvidos pela PF, residente em Bom Jesus, alegou que foi contratado pelo policial Alexandre para vigiar “supostas compras de votos por correligionários do candidato Arnaldo Vianna”, embora nada tivesse presenciado nesse sentido — como todos os outros envolvidos confirmaram. Uma mesária que trabalhou no Ciep do Parque Aurora, disse à PF que abordou dois homens que afirmaram serem “fiscais da coligação Muda-Campos”, de Rosinha. O advogado Fabrício Viana Ribeiro, do escritório que atuou para Rosinha, disse que não há ligação dos citados no caso com a estrutura do PMDB. “Fizemos a defesa deles porque estávamos na sede da PF, e eles nos solicitaram acompanhamento, um serviço profissional”, citou.

Publicada no dia 16-11-2008
folha da manhã

novembro 14, 2008

A próxima a ser liberada é a do Rio Paraíba .


14 / 11 / 2008 Ibama libera licença de instalação para Usina de Jirau

As obras da Usina Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira (RO) já podem começar. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) vai publicar nesta sexta-feira (14) a licença de instalação que vai permitir o início do canteiro de obras e a construção de uma ensecadeira, que servirá para desviar o rio enquanto as turbinas da hidrelétrica são instaladas.

Ao conceder a licença, o Ibama vai exigir que o consórcio realize uma série de medidas mitigatórias, como a aplicação de R$ 36 milhões para projetos de habitação e saneamento em Porto Velho. As empresas também vão ter que adotar permanentemente as reservas biológica e extrativista de Cuniã, em Rondônia, bancando o custeio e a manutenção das unidades. Além disso, o consórcio terá que destinar recursos para pesquisa de espécies em extinção como o tamanduá-bandeira, o tatu canastra, a onça pintada e o boto vermelho.

A licença de instalação é a segunda etapa do processo de licenciamento ambiental e viabiliza o início dos trabalhos de construção do empreendimento. A licença para todo o empreendimento deve sair até o fim do ano. A Usina de Santo Antônio, também no Rio Madeira, recebeu a licença de instalação em agosto deste ano. A licença prévia para as duas usinas foi dada em conjunto, em julho do ano passado. (Fonte: Sabrina Craide/ Agência Brasil)


- Podemos começar a dar Adeus as maravilhosas ilhas do Rio Paraíba na região de Itaocara !

Este time é série D !

novembro 12, 2008

Vida saudável ...

HOJE TAL COMO ONTEM !!!!!!!!!!!1




"Acredito que as instituições bancárias são mais perigosas para as nossas liberdades do que exércitos armados. Se o povo norte-americano autorizar bancos privados a controlar a emissão de sua moeda, primeiro através da inflação e depois pela deflação, os bancos e as grandes corporações que crescerão em volta deles gradualmente controlarão a vida econômica das pessoas, deprivando-as de todo o seu patrimônio até o dia em que seus filhos acordem sem-teto, no continente que seus pais e avós conquistaram".

Thomas Jefferson, 1802

novembro 11, 2008

Sente-se e observe....



Que fizeram com a coisa Pública em Campos o que se faz na "privada", ninguém tem a menor dúvida; a deuda é, o que de diferente vai acontecer com a nova gestão Municipal a partir de 01/2009.

- Aprenderam com os erros da passagem pelo Palácio Guanabara ?
- Serão dois anos de correção e idôniedade, para se seguir os de luxúria e corrupção ?

- De coração; pedirei de joelhos ao supremo criador por você Prefeita Rosinha; "seja um décimo do que prometeu e nossa Campos será muito melhor do que esta agora , faça a metade do que precisa ser feito e vocês repetirão a experiência contestável de duas oportunidades à frente do Governo do nosso estado do Rio de Janeiro."

" Não se pode voltar atrás e fazer um novo começo, mas se pode parar e a partir de agora fazer com que o final seja diferente e melhor "

-Me perdoe o plágio mestre Chico Xavier.

Armando Barreto

* Resposta a Postagem no Blog do Roberto Moraes.



Os últimos 4 meses me mostraram que eu não conhecia de verdade a cidade de meus antecedentes, de meus avós, meus pais, minha esposa, meus filhos, meus amigos e irmãos.:
Eu só não nasci aqui, mas pelo que me contam bem por aqui fui gerado,então eu sou daqui e de hoje em diante vou te conhecer e te mostrar e também pra todos vou gritar;
Minha: " Paixão por Campos ".



Armando Barreto

novembro 09, 2008

Os 10 trabalhos de Hércul... Ops de Obama !!!!!!!!!

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, enfrentará uma série de problemas de política externa assim que assumir a Casa Branca, no dia 20 de janeiro de 2009.

Confira abaixo dez desafios de Obama e o que ele deve propor como solução.

Uma conclusão da eleição americana é que o eleitorado quer uma mudança significativa na área de política externa em relação ao governo de George W. Bush.

A mudança pode ser um fortalecimento do multilateralismo em detrimento do unilateralismo, com menos ênfase nos Estados Unidos como "única superpotência mundial".

A confrontação poderá abrir caminho para mais diplomacia.

No entanto, os presidentes americanos geralmente acabam se envolvendo em conflitos e guerras. Obama chega ao cargo tendo que enfrentar duas guerras já em andamento, no Iraque e no Afeganistão. Como ele vai reagir definirá a sua era na Casa Branca.

Barack Obama disse que vai pedir que seus comandantes redefinam a missão para "terminar a guerra de forma bem-sucedida". Mas isso precisa ser feito com responsabilidade, segundo o presidente eleito.

Ele disse que isso significa dar tempo para que o governo iraquiano fortaleça suas próprias forças armadas. Ele também quer uma retirada em fases da maioria das tropas americanas "dentro de 16 meses" a partir da sua posse, o que significa no máximo até maio de 2010.

Potencialmente, isso pode ser uma política de muito sucesso. No entanto, um pequeno contingente militar americano deve continuar no Iraque, então uma retirada completa não deve acontecer.

Talvez este seja o maior desafio de Obama. Se no Iraque a guerra parece estar acabando, no Afeganistão ela está se intensificando.

Obama promete "focar no Afeganistão". Ele disse que vai enviar mais duas brigadas de combate. Ele também prometeu atacar a Al-Qaeda, especialmente Osama Bin Laden, com ou sem a ajuda do Paquistão.

Melhorar a situação no Afeganistão significa melhorar o desempenho do governo afegão e tentar desenvolver uma política mais eficiente no Paquistão (cuja própria estabilidade é um problema), para minar os esforços do Talebã e da Al-Qaeda.

A famosa frase de Bush pode ter menos força no governo Obama. Ele quer se concentrar em vencer a "batalha das idéias" ao "voltar a uma política externa americana consistente com os valores tradicionais americanos, fazendo parcerias com moderados no mundo islâmico para contrabalançar a propaganda da Al-Qaeda".

No entanto, ainda deve haver uma política americana vigorosa. Ele disse que "não vai hesitar em usar força militar para retirar terroristas que ameaçam diretamente os Estados Unidos".

Dois indicadores serão importantes: o fechamento da prisão em Guantánamo e a extensão da proibição de tortura na CIA, a agência de inteligência americana.

Se Guantánamo for fechada, ele terá de decidir o que fazer com os 255 detentos. Obama sugeriu usar o sistema legal normal dos Estados Unidos para condená-los, mas há dados usados em comissões militares (obtidos por coerção) que não poderiam ser usados em tribunais americanos.

A Al-Qaeda também deve continuar sendo um problema, com atividades na Argélia e Somália.

Potencialmente daí pode surgir uma grande crise, mas muito depende de como o Irã reagir.

Se continuar com o programa de enriquecimento de urânio, isso pode levar o novo governo a seguir ou até ampliar sanções.

Um aumento da atividade nuclear iraniana seria um sinal de aumento da sua força. Nesse caso, Israel exigiria ataques aéreos contra o Irã. A conseqüência de um ataque desses seria grave.

Obama disse que conversará com o Irã "sem condições", apesar de que provavelmente não em nível presidencial. O atual governo iraniano não deve ceder no enriquecimento de urânio, então é possível que qualquer acordo incorpore isso como um direito do Irã.

Bush disse que esperava um acordo entre israelenses e palestinos até o final deste ano, mas isso parece impossível.

Então Obama terá provavelmente que enfrentar a eterna questão sobre como intervir no processo de paz do jeito que ele está.

O primeiro passo será a eleição israelense, no dia 10 de fevereiro, que deve indicar se o governo israelense estará pronto para fazer um acordo.

Além da questão Israel-Palestina, ainda existe o que Richard Holbrooke, um possível secretário de Estado, chama de "arco da crise", que se estende da Turquia ao Paquistão. Isso inclui a Síria, cuja ajuda é necessária para estabilizar o Iraque.

Os eventos recentes na Geórgia precipitaram uma crise nas relações entre a Rússia e o Ocidente, que estão no pior nível desde a Guerra Fria.

Há frustrações dos dois lados e existe muita incerteza sobre como o novo governo vai lidar com a Rússia. A ajuda dos russos é necessária para lidar com problemas com Irã e Darfur, onde ação do Conselho de Segurança é importante.

O assunto imediato é como permitir que a Geórgia e a Ucrânia entrem na Otan, a aliança militar do Ocidente. A Rússia é contra a entrada dos países na organização, e ministros da Otan discutirão esse assunto em dezembro. Mesmo integrantes do governo Bush já dizem que o ingresso pode acontecer só daqui a anos.

O sistema antimísseis a ser instalado pelos Estados Unidos na Polônia e República Checa continua sendo um problema para a Rússia.

A forma como Obama vai lidar com Moscou vai indicar também sua posição em relação a assuntos nucleares. Um assunto pendente é saber como Rússia e Estados Unidos vão negociar a redução dos seus arsenais atômicos.

Em uma frente mais ampla, Obama apoiou o pedido feito no ano passado por ex-diplomatas americanos (entre eles, Henry Kissinger) para que os Estados Unidos lutem por um mundo sem armas nucleares, como prevê o Tratado de Não-Proliferação.

As últimas ações da Coréia do Norte foram positivas. O país concordou com procedimentos de inspeção internacional do seu programa nuclear, que está sendo desmantelado. Em troca, o país recebeu a promessa de sair da lista americana de patrocinadores do terrorismo.

Mas a Coréia do Norte deve provavelmente continuar com suas armas nucleares. Como o presidente americano vai conseguir reverter isso e com quem ele vai lidar - já que o estado de saúde de Kim Jong-il é incerto - são dúvidas que persistem.

As relações americanas com a China estão em um momento importante, já que o país é membro permanente do Conselho de Segurança e tem grande influência econômica no mundo.

A China não é um problema direto para os Estados Unidos, mas o futuro de Taiwan e do Tibete são dois assuntos que têm potencial para dividir a relação.

Recentemente, a China preferiu se concentrar no seu desenvolvimento econômico. Enquanto isso continuar assim, as relações com os Estados Unidos devem permanecer estáveis. Não há sinais de que Obama queira fazer qualquer mudança.

Diversos temas entram na definição de "nova diplomacia".

A crise financeira vai forçar o próximo presidente a ter uma atitude mais incisiva do que o normal. E ele terá de administrar um mundo com menos influência financeira dos Estados Unidos.

Obama está comprometido com o combate ao aquecimento global. Ele quer reduzir a emissão de gases nocivos ao meio ambiente em 80% até 2050. Este será um dos temas mais importantes do seu governo, já que o Protocolo de Kyoto expira em 2012 e as negociações para estender as metas estão emperradas.

Energia, especialmente petróleo, será outro desafio. Obama prometeu eliminar a dependência americana no Oriente Médio e na Venezuela em dez anos. No entanto, praticamente todos os presidentes americanos vêm dizendo isso desde 1979.

Para mais notícias, visite o site da BBC Brasil

© British Broadcasting Corporation 2006. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização por escrito da BBC BRASIL.

Imbé

Imbé
Vida da gente do Imbé

BUSCADOR WEB

Google

Tradutor On Line

Educativa FM 107.5







Campos terra dos Goytacazes