novembro 26, 2008

Desprezado Paraíba


  

 Estas águas de  meu rio sem exagero da comparação é minha mais  doce  amante, caliente e sempre feliz por me  receber dentro dela, e de tantas horas e dias passadas em tuas aquecidas entranhas eu me apaixonei perdidamente  por ti, águas do  meu Rio Paraíba do Sul. 
   Suas ilhas ,como púbis, dividindo suas grossas pernas, de uma coxa a direita,  valorosos e ardilosos Robalitos, na outra coxa saltitante e valentes Piabanhas e Dourados.
 E hoje te chorei e te perdi mais um pouco, mais um tanto de doloroso carpir  a se somar as pragas das cataguases e tal;  Seus seres , suas vidas, nossas vidas que valentemente encaram nossas artimanhas e poderosas ferramentas de pescador , boiadas e estufadas, pútridas e fedorentas;   faremos que lhe sejam entregues do mesmo veneno,   na mesma dolorosa proporção a punição a aqueles que mais uma pouco tiraram de vida do  meu amor de águas.
 Eu imagino  o Delta , mais deverá estar parecendo um Omega;  como estará neste momento?           Toda a morte prematura que roçou o Cais da Lapa esta agora juntada  nos berçários corrompidos de Atafona e Gargaú. 
  Não foi veneno que te te destruiu mais um pouco;   foi desprezo, foi descaso, foi escárnio de uns que se dizem  "seres humanos".
  - Se perder este Amor, perco a vida, perdemos a vida !
     Se não tivermos uma atitude desta vez , seremos como eles; sem caráter, sem dignidade e sem nenhum respeito  pela vida a nossa volta !

Armando Barreto

Imbé

Imbé
Vida da gente do Imbé

BUSCADOR WEB

Google

Tradutor On Line

Educativa FM 107.5







Campos terra dos Goytacazes