junho 16, 2009

Tribuna Livre - Projeto " TERCEIRA VIA "

Caro Amigo, Vereador,
Nos acompanhe numa ideia.
Ouçam, sintetizem, assimilem e só então, me respondam.
- Votaremos de forma distrital nos candidatos a Vereador nas eleições Municipais de 2012 !
Raciocinemos assim: Temos sete Zonas Eleitorais; 75, 76, 98, 99, 100, 149, 249, para cada uma delas seria definido um numero correspondente de representantes na Câmara , obedecendo-se o equivalente proporcional ao quociente eleitoral de cada uma delas. Só poderia receber votos o candidato comprovadamente domicíliado, ou com empresa alocada, ou ainda atividade social ou produtiva na mesma zona .
"João das Couves", candidato "residente" na 75.a Eleitoral estaria assim impedido de receber votos ou influenciar a decisão eleitoral de Antonio ou Maria que votam e residem na 99.a ZE. Teríamos assim representantes legítimos da comunidade e, uma parcela enorme da prática de compra de votos seria impedida.
- Porque comprar votos em outra zona se eles não lhe são válidos?
Observem que há lógica no que lhes espomos meu caro, é necessario desenvolver esta linha de ação, principalmente em nossos cérebros desacostumados a necessidade de urgente evolução política.
Dezessete Vereadores; respeitando-se as variáveis, uma zona com numero grandes de eleitores como a 98.ZE, teria numa conta simples, três representantes na câmara, a 99.ZE pelo mesmo cálculo, também três, a 76.ZE, três, restariam oito a ser dividido pelas outras quatro zonas, acompanha-me no pensamento ?
Resta então fazer com que exista mobilização à formar base legal e incentivar o interesse político em executar esta mudança na legislação eleitoral.
- "Zézinho de Mato dentro", batalhador, ativista social, articulista das melhorias no bairro, estaria em condições de se eleger por seu povo e com certeza seria uma ferramenta especialmente adequada a promoção do progresso em seu bairro, localidade, sertão ou comunidade. Contrapondo-se a aquele político corrupto, que só vem aqui comprar e corromper o povo humilde, por ocasião do pleito eleitoral.
- Xô safado, muquirana !
Eu vi nesta última campanha eleitoral, muitos destes "representantes e lideranças autênticas" perderem o direito de servir aos seus e, assim promover vida mais digna as suas cercanias, para os bem preparados, municiados e viciados compradores profissionais de votos. A quem estes servem senão a manutenção de corrupção.
Um amigo construtor me disse uma coisa que utilizo como linha de conduta a todas as situações cotidianas:
- Armandão:
Dá pra fazer a obra com qualidade, promover o bem estar geral, sem usar subterfúgios e falcatruas e, ainda assim ganhar um bom dinheiro!"
- Vamos lá levantar esta construção senhores, tem parceiro ?
Armando Barreto
Projeto TERCEIRA VIA
PPS_CPS/RJ

Imbé

Imbé
Vida da gente do Imbé

BUSCADOR WEB

Google

Tradutor On Line

Educativa FM 107.5







Campos terra dos Goytacazes