abril 10, 2009

ENDOSULFAN " PRA ATIVAR A MEMÓRIA RECENTE "!

RIO PARAÍBA DO SUL  
Conseqüências de um Desastre Ambiental 
7 de Janeiro de 2009 

Philip C. Scott, PhD* 

Infelizmente, as instituições estatais de Saúde, Meio Ambiente, Pesca e Agricultura do Estado do Rio de Janeiro, aparentemente não estão vendo a gravidade do recente acidente ambiental ocorrido com o despejo do poderoso pesticida Endosulfan que contaminou ¾ do leito do Rio Paraíba do Sul - RPS à partir da empresa Servatis em Resende, RJ. 

O Endosulfan, um composto organoclorado já banido em tantos países, é classificado pela agência de proteção do meio ambiente dos EUA (U.S. EPA) como altamente tóxico (- Toxicity Category I). É um disruptor do sistema endócrino humano podendo causar toxicidade reprodutiva em humanos. Aumenta o risco de autismo, o atraso da puberdade em meninos e provoca defeitos congênitos no sistema reprodutivo humano. Isso ocorre não apenas em seres humanos, mas também com outros organismos expostos à contaminação. 

O estudo (http://www.ejfoundation.org/pdf/end_of_the_road.pdf) da Environmental Justice Foundation resume os desastres ocorridos com Endosulfan em vários países onde ele é ou foi vendido por diferentes companhias. O Endosulfan é conhecido por diferentes nomes incluindo Agrosulfan; Aginarosulfan; Banagesulfan; Cyclodan; Endocel; Endoson; Endonit; Endomil; Endosol; Endostar; Endodaf; Endosulfer; E-sulfan; Endorifan; Hildan; Redsun; Seosulfan; e Thiodan. 

Assim como o DDT e Dieldrin, o Endosulfan é um composto organoclorado e como tal, é persistente no meio ambiente. Seu principal produto de degradação - o sulfato de endosulfan não apenas é mais persistente mas igualmente tóxico. O Endosulfan bioacumula nos seres humanos e outros animais. 

Por conta dos seus resíduos no meio ambiente e a contaminação de gado através de pastos afetados por Endosulfan, a Coréia do Sul já rejeitou a carne bovina da Austrália, assim como a União Européia suspendeu suas importações da Tanzania, Uganda e Quênia no passado. 

Uma pesquisa realizada em apenas 123 domicílios em Kerala na Índia, uma região afetada pela contaminação por Endosulfan, revelou 49 casos de câncer, 43 casos psiquiátricos, 23 epilépticos, 9 com anormalidades congênitas e 23 com retardamento mental. 



Nenhum comentário:

Imbé

Imbé
Vida da gente do Imbé

BUSCADOR WEB

Google

Tradutor On Line

Educativa FM 107.5







Campos terra dos Goytacazes