outubro 29, 2010

O Beijo


Quem inventou o beijo sabia o momento exato de parar de falar e dar ao silêncio sua verdadeira razão!

Inventou-se o de língua, dividindo o sabor dos sentimentos.

Cerrou-se então os olhos, pois na escuridão todos os sentidos multiplicavam as sensações.

Fugiu da boca o beijo, e por todas as regiões do corpo, vive se reinventando; o beijo, os sabores, os sentimentos, os sentidos, as sensações e o prazer...

Quem inventou o beijo, deve ter inventado também o sorriso cúmplice dos amantes e a lágrima lasciva da saudade.

Nenhum comentário:

Imbé

Imbé
Vida da gente do Imbé

BUSCADOR WEB

Google

Tradutor On Line

Educativa FM 107.5







Campos terra dos Goytacazes